Manipulation of Lipid Metabolism During Normothermic Machine Perfusion: Effect of Defatting Therapies on Donor Liver Functional Recovery

Manipulation of Lipid Metabolism During Normothermic Machine Perfusion: Effect of Defatting Therapies on Donor Liver Functional Recovery

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2016, um em cada cinco brasileiros já apresentavam obesidade. Esse não é um problema restrito ao Brasil e diversos países apresentam prevalências semelhantes e até mesmo superiores dessa condição. Torna-se importante destacar que a obesidade aliada a um estilo de vida sedentário está significativamente associada com o desenvolvimento de doenças crônicas, como a hipertensão arterial, diabetes mellitus e a esteatose hepática (gordura no fígado).

A esteatose do fígado é parte de um espectro de alterações conhecida como Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica e é, sabidamente, um fator de risco para o desenvolvimento de cirrose do fígado e carcinoma hepatocelular (o câncer primário do fígado). Hoje, no mundo, as indicações de transplante de fígado por essas duas causas já despontam entre as principais.

No entanto, a epidemia global de obesidade afeta o transplante de fígado não apenas aumentando a população de pacientes necessitando desse tratamento salvador, mas também comprometendo a qualidade de órgãos de doadores. Fígados esteatóticos são sabidamente mais sensíveis a lesão de preservação (isquemia-reperfusão) compondo uma das principais razões para o descarte de órgãos de doadores de acordo com diversos estudos.

Nesse estudo pioneiro, nós investigamos a eficácia do aumento farmacológico do metabolismo lipídico dos fígados humanos durante a preservação na máquina de perfusão hepática normotérmica ex situ para promover o “defatting” (desengordurar o fígado) e melhorar a recuperação funcional dos órgãos antes do transplante. O tratamento resultou em redução de 40% da esteatose macrovesicular em 6 horas e, de forma mais importante, esteve associado com melhora funcional dos fígados esteatóticos e diminuição da expressão de marcadores de lesão tecidual.

Confira os detalhes em maior profundidade em nosso artigo (em inglês) publicado na renomada revista americana Liver Transplantation

https://aasldpubs.onlinelibrary.wiley.com/doi/epdf/10.1002/lt.25439