Preventing Tumour Recurrence After Liver Transplantation: The Role of Machine Perfusion

Preventing Tumour Recurrence After Liver Transplantation: The Role of Machine Perfusion

A escolha do órgão do doador para transplante impacta significativamente na sobrevida dos pacientes no curto e longo prazo bem como é associado com o desenvolvimento de complicações pós-operatórias, como a insuficiência renal aguda e as complicações biliares.

Porém, a importância da seleção e do recondicionamento de órgãos antes do transplante, através da máquina de perfusão hepática extracorpórea, tornou-se um “hot topic” no transplante de fígado. Nessa revisão da literatura realizada em parceria com hospitais e universidades da Itália e Reino Unido, publicada em agosto de 2020 no International Journal of Molecular Sciences, nós discutimos os mecanismos básicos associados com a recorrência tumoral do câncer primário do fígado após o transplante. Ainda, nós pesquisamos e apresentamos os fatores de risco associados com esse desfecho desfavorável. Finalmente, nós discutimos como a nova tecnologia da máquina de perfusão hepática extracorpórea pode impactar positivamente e mitigar a recorrência tumoral após o transplante.

Confira os detalhes em maior profundidade em nosso artigo (em inglês)

https://www.mdpi.com/1422-0067/21/16/5791/htm